Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Adorable Mi

Motherhood, Recipes and Lifestyle

Adorable Mi

Motherhood, Recipes and Lifestyle

04.11.19

Porque começámos a usar Fraldas Reutilizáveis?

7CECDBAA-2BC8-48D7-8041-3C85B290AC2F.jpeg

Há temas que por vezes são modas, temas que as pessoas querem mostrar que se preocupam sem saber o que realmente estão a fazer e o porquê de o estarem a fazer. Estamos numa altura em que se fala muito sobre ajudar o ambiente, salvar o planeta. Mas será que alguém está a fazer realmente alguma coisa por isso? Aqui por casa não somos perfeitos, não somos vegan, não somos zero waste, mas somos preocupados com o planeta onde vivemos e onde queremos que os nossos filhos vivam. Fizemos algumas mudanças, e uma das grandes mudanças que fizemos foi mudar de fraldas descartáveis para fraldas reutilizáveis. Não só pelo ambiente, não só pela saúde e não só pelo dinheiro, mas pelo conjunto dos três.

Vamos lá então falar de Fraldas Descartáveis. Foram sem dúvida uma optima evolução na nossa vida atarefada. Fala-se da sua criação por volta dos anos 40, em função da escassez de algodão gerado pela guerra. Nos anos 50 ainda era um artigo de luxo utilizado apenas em ocasiões especiais, como idas ao médico e viagens. Nos anos 60 começou-se a produzir fraldas mais parecidas com as que usamos hoje em dia, mas só nos anos 70 é que houve uma grande explosão neste mercado e começaram a ser produzidas em grandes quantidades. Nos anos 80 depois de se adaptarem os elásticos e o gel (que absorve o xixi, os chamados cristais de gel), passou a haver cada vez mais pessoas a utilizar, e maioria dos pediatras já as aconselhavam em vez das fraldas de pano. Mas só mesmo nos anos 90 é que apareceram as fraldas iguais ás que temos hoje, com características mais especificas para o conforto, como o "fecho" de velcro, as barreiras fecais, os indicadores de humidade, entre outros.

F37EEFC1-B217-4F87-9829-0F5506F622C3.jpeg

É verdade que só vemos coisas boas por aqui, veio facilitar imenso a vida das mães/pais na mudança da fralda, deixou de existir a reserva de tempo para se tratar das fraldas, passou a ser mais cómodo e menos pesado para o bebé. Mas então porque é que se voltou a usar fraldas reutilizáveis?

 

A frase que mais me levou a mudar a minha perspetiva foi

A fabricação de fraldas descartáveis consume muitos recursos e, depois de usadas, elas demoram anos para se decompor

Já alguém se perguntou o que acontece ás fraldas? Para onde vão? Bem as fraldas vão para os aterros sanitários, pois não podem ser recicladas, nem incineradas devido a grande quantidade de humidade que têm o que levaria a um processo muito caro (e Deus nos livre de pagarmos mais um pouco para ajudar o nosso planeta). - O que, só fazendo um aparte, países como o Reino Unido estão a tentar fazer a diferença nestas áreas, onde arranjaram uma solução de prensar o lixo, desidrata-lo e desta forma poderá ser incinerado, e melhor, transformando-o em combustível para centrais elétricas - Então lá ficam elas, nos aterros a decomporem-se durante 500 anos, sim 500 anos é o tempo que uma fralda se demora a decompor. Mas o problema não está só no tempo de decomposição, está na quantidade de fraldas que vão parar ao aterro.

2F08D52E-4AD1-4DFC-936F-9D597463FB66.jpeg

Estima-se que os bebés utilizem em média 6 fraldas por dia (tirando os primeiros 3 meses em que são utilizadas o dobro de fraldas por dia), mas fazendo a conta a 6 fraldas por dia, sendo que a altura do desfralde ocorre entre os 2 e os 4 anos, vamos fazer a conta a 3 anos, equivale a 6570 fraldas que um bebé deita para o lixo. Ora, isto vezes a quantidade de bebés que existem é um número ridículo que nem deve ser mencionado.

E sabem como resolvemos a nossa consciência neste assunto? Comprámos 17 fraldas reutilizáveis, sim, apenas 17 fraldas. Ah mas essas fraldas também gastam resíduos a serem produzidas, e gastam água, detergente e eletricidade a serem lavadas. Sim, é verdade, mas a agua que gasto para as lavar durante os três anos de uso não equivale a agua gasta na produção das 6570 fraldas. E não estou a enviar mais lixo para os aterros.

EB311058-8564-4B4F-8B74-156EACA3912A.jpeg

Não só pelo meio ambiente, mas pela própria saúde.

Estudo francês encontra 60 substâncias tóxicas em fraldas descartáveis - Folha de S.P.

Mudar para fraldas reutilizáveis não é só a pensar no ambiente, é a pensar na saúde dos nossos filhos. Existem estudos que falam sobre os químicos usados na produção das fraldas, que são potencialmente cancerígenos. Ora assim que li estas noticias e estudos, nem quis mais saber se eram ou não comprovados, se estavam ou não 100% certos, se existem alternativas, porquê estar a sujeitar os meus filhos a "potenciais substancias cancerígenas".

Por ultimo e não menos importante, o dinheiro. Sim porque como já vimos vamos comprar/ou já comprámos uma exorbitância de fraldas e isso custa dinheiro. O Santi (o primeiro filho) sempre usou fraldas descartáveis, e sempre usámos as que achávamos ser as melhores. Usávamos as Dodot Activity (as sensitive nos primeiros meses), e embora tenhamos comprado quase sempre a metade do preço, 10€ em vez de 20€, vamos fazer as contas a esses tempo para pudermos comparar. O Santi fez um desfralde relativamente cedo, comparado com a média actual, foi aos 2 anos e meio, por isso utilizámos umas 5460 fraldas, o que equivale mais ou menos a 110 pacotes de fraldas, a 10€, faz 1100€ gastos em fraldas.

08CF7BEF-DC00-41EC-AE15-CAD23A684984.jpeg

Ora, o número de fraldas reutilizáveis que vão necessitar depende  de vários factores, mas também se vão usar a tempo completo ou parcial. Se vão usar só em casa, ou só para sair. Outra questão a considerar é com que frequência pretendem lavar as fraldas - não esquecendo que têm de ter sempre uma reserva de fraldas para o dia seguinte, e não devem deixar mais de 3 dias as fraldas por lavar - .

Posto isto, a nossa experiência, diz que só precisamos de 17 fraldas, temos 15 fraldas Bambino mio tudo-em-um, e duas fraldas blueberry (que utilizamos para a noite), lavamos as fraldas de dois em dois dias, lavo 10/12 fraldas e tenho sempre 5/7 para usar durante o dia. Com isto fizemos um investimento total de 180€! Sim, só 180€, o que significa que ainda pudemos gastar a mais na conta da água e luz 900€ . 😂

Muitas das vezes temos de planear bem estas compras, comprar em segunda mão, ou fazer um plano de compras para não ter de ser um grande investimento. Para as mães que estão grávidas, e que ao longo dos meses de gravidez vão comprando pacotes de fraldas, podem ir comprando uma ou duas fraldas reutilizáveis. Para quem como eu comprou quase todas juntas, pesquisem, aproveitem as promoções.

Eu comprei 6 fraldas no site UK da Bambino Mio, que me ficou por 80€ (a marca tem site em Portugal, mas por ser uma marca do Reino Unido a marca por lá é mais barata devido aos custos de transporte, e o site UK não vende para Portugal, comprei e mandei entregar numa casa no UK que me enviaram de volta para mim). As restantes fraldas comprei na Amazon UK, sempre em promoção, ficavam por 10€ cada fralda (uma Bambino Mio em PT custa 25€, no UK 15 libras) e algumas no Aldi UK (novamente, comparam por mim e trouxeram-me para PT), só comprei duas fraldas em Portugal, na EcologicalKids, as duas BlueBerry que me aconselharam para a noite, por serem de bamboo e mais absorventes, mas no nosso caso não achámos necessário, pois também temos extra absorventes da bambino mio, e para nós um absorvente extra chega para a noite toda.

0EA824FB-EFC1-4A0E-857A-45218CDD9474.jpeg

Num outro post falo melhor sobre os diferentes tipos de fraldas reutilizaveis que existem. Neste, queria mesmo só chamar a atenção de que podemos fazer pequenas mudanças, que fazem uma grande diferença, nem que seja só uma pessoa a fazer essa mudança, são menos 6570 fraldas que iram ficar a decompor-se por 500 anos num aterro!

Digam-me o que pensam sobre este assunto. E que mudanças por mais pequenas que sejam, já fizeram.

 

Mi

 

P.S. Vejam também como lavo as fraldas de pano e o nosso primeiro post sobre as fraldas reutilizáveis.

 

 

Follow us on Instagram

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 22.01.2020

    Olá querida Paula, se puderes entrar em contacto comigo através do meu instagram @miriam.santospereira será mais fácil de conversarmos, mas podes sempre visitar o site da www.meekbum.com e podes encontrar na categoria fraldas por tamanho, tens umas dos 3 aos 12 anos, e os tamanhos de adulto, e verificar qual a melhor opção para a tua menina.
    Beijinhos grandes
    Mi
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    About me

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Vamos marcar uma sessão fotográfica?